logo
facebook     youtube
NOTÍCIAS

LIMINAR CONCEDIDA! ASSOJURIS Garante 263 Cargos de Coordenador e Supervisor de Cargos e Serviços

28
JUN
2018

O Ministro Celso de Mello deferiu ontem, dia 27.06.2018, a medida liminar pleiteada pela ASSOJURIS nos autos do Mandado de Segurança nº. 35.787/DF, para “determinar a suspensão cautelar da eficácia da deliberação proferida pelo Conselho Nacional de Justiça nos autos do Pedido de Providências nº 0004100-32.2017.2.00.0000”. Com isso, os 263 servidores que não possuem diploma de curso superior, mas já ocupam os cargos de Coordenador e Supervisor de Serviços, continuarão nos respectivos cargos certamente até decisão final nos autos daquela ação.

“Embora seja uma decisão liminar, trata-se de uma vitória considerável, pois com isso, garantimos a organização e a ordem em 263 unidades judiciais ao longo do Estado de São Paulo, e prestigiamos a dedicação e o esforço de 263 Coordenadores e Supervisores de Serviços que seriam diretamente atingidos com a exoneração dos respectivos cargos, caso não fossem afastados os efeitos da decisão proferida pelo CNJ. A luta é diária, mas decisões como essa, na qual já acreditávamos, mostram que estamos no caminho certo na luta pelos direitos dos servidores do TJ/SP, especialmente, dos nossos associados.”, afirma Alemão, Presidente da ASSOJURIS.

O departamento jurídico da entidade, representado nesta demanda por Navarro de Albuquerque Sociedade de Advogados, continuará investindo os seus melhores esforços para conseguir a concessão da segurança definitiva, e assegurar a permanência desses 263 servidores nos respectivos cargos de Coordenador e Supervisor de Serviços de forma definitiva.

 

 

 

[]