logo
facebook     youtube
NOTÍCIAS

Entidades representativas se reúnem para traçar politicas para os servidores

05
JUL
2016

Nesta terça-feira, 5 de junho, as entidades representativas do Poder Judiciário do Estado de São Paulo, dentre elas a ASSOJURIS, esta representada pelos diretores Carlos Alberto Marcos (Alemão) e Adolfo Benedetti Neto (Pardal) se reuniram a fim de dar continuidade as tratativas para o cumprimento da Pauta Reivindicatória 2016.

 


No inicio da reunião, foi informado pela diretoria da ASSOJURIS, vem orientando os servidores, sem suas visitas pelo Estado, que a mobilização constante é a principal forma de pressão para que o Tribunal de Justiça cumpra a integralidade da data-base 2016, o passivo dos servidores, dentre outros pleitos.

 

Ainda em sua fala, Alemão afirmou que as entidades devem cobrar da presidência do TJSP a definitiva implantação das comissões para tratar de assuntos de interesses dos servidores.

 


Após discussões dos itens da pauta reivindicatória, surgiu como indicativo a gestões junto aos deputados para a aprovação do PLC 30/2013 (pagamento do passivo de 10,55% aos servidores do Poder Judiciário Paulista) -  proposta aprovada pelos presentes.


A criação de uma politica para o pagamento dos atrasados dos servidores, incluindo o FAM e horas credoras, com recursos do Fundo Especial de Despesa foi uma das propostas defendidas pela ASSOJURIS, haja vista que os magistrados já vêm procedendo de tal forma. 


A aquisição pelo Tribunal de Justiça de aparelhos desfibriladores, para todos os prédios, foi defendido pelas entidades.


Ao final da reunião o agente de fiscalização Adolfo da Silva Fernandes apresentou aos presentes expediente para a extensão da Gratificação pelo Desempenho de Atividades Cartorárias aos agentes de fiscalização, de serviços e operacionais, subscrito pelas entidades, pedido este que, aliás, já vem sendo defendido pela ASSOJURIS.

 

[]